Bambuterapia

0
Bambuterapia Técnicas de Massoterapia

Pouca gente conhece, mas, tendo sido criado em França, pelo fisioterapeuta Gill Amsallem, a Bambuterapia é uma ótima aliada às massagens de massoterapia. O conceito é fácil: varas de bambu que prolongam os dedos do fisioterapeuta, alcançando uma maior região no corpo, adaptando-se aos contornos corporais, utilizando movimentos uniformes e relaxando profundamente enquanto alivia tensões muscular.

A Bambuterapia tem cada vez mais seguidores. Ajudando a ganhar energia, a técnica é realizada com bambus de diferentes tamanhos e também de diferentes espessuras, como bambus de superfície regular, lixados ou envernizados. Os bambus, por serem parecidos com rolos, adaptam-se perfeitamente aos contornos corporais e podem ser aplicados em todo o copo, estimulando diversos pontos energéticos e zonas reflexas dos pés, mãos e rosto. A Bambuterapia pode ser usada tanto por quem pretende reduzir medidas como para quem quer só relaxar.



Para que serve a Bambuterapia

- Eliminação de toxinas;
- Estímulo à tonificação muscular;
- Melhora a oxigenação e nutrição celular;
- Promove aquecimento, limpeza cutânea;
- Redução de celulite, flacidez, estrias e gordura localizada;
- Diminuição de edemas, promovendo uma melhora na circulação;
- Propriedades modeladoras, drenantes, relaxantes, tonificantes e energéticas;
- Relaxamento, alívio de tensões, tonificação muscular, ativação da circulação sanguínea, drenagem linfática para combater a retenção de líquidos, desintoxicação, regeneração e revitalização da pele, auxilia no tratamento de celulite e de remodelagem da silhueta.

O procedimento tem duração média de uma hora. Num ambiente climatizado, com uma música suave e iluminação especial (meia-luz). A Bambuterapia deve ser de forma correta em sentido, pressão, direção, velocidade e manobras leves para não machucar de forma alguma o cliente. A massagem tem início nos pés, em seguida no corpo todo (frente, costas e laterais) e depois finaliza no rosto.

A diferença entre a drenagem convencional e a feita com bambu é a troca de energia com uso do bambu, uma opção para quem gosta de novidade, entretanto não existe nenhuma diferença de preço entre a drenagem com ou sem bambu. O cuidado essencial é que o massoterapeuta deve usar mais creme ou óleo para que o bambu possa deslizar sem machucar a cliente.