Dieta da Banana

0
Perder peso com a dieta da banana

Qualquer pessoa que queira eliminar aqueles quilos extra gostaria de o fazer sem grandes restrições. Ou por dificuldades ou por ter passado por muito durante a dieta. Será que tal é possível? Sim, segundo investigadores japoneses, é possível.

A banana pode ser a sua melhor amigo. Para que a Dieta da Banana funcione terá que comer muita banana logo pela manhã, sempre acompanhada por dois copos de água ou por chá. Quem o faz diz que fica sem fome durante o resto do dia, evitando consumir calorias desnecessárias.

Hitoshi Watanabe é um médico japonês adepto da Dieta da Banana e afirma que esta fruta ajuda a acelerar a digestão, tendo enzimas para tal, ajudando a perder peso de forma rápida e saudável. A receita é fácil, quando as fibras solúveis da banana se juntam äs moléculas de água formam um tipo de gel que demora a sair do estômago e dá sensação de saciedade. Há quem tenha perdido cerca de 18kg em 2 meses com esta dieta.

O bom da Dieta da Banana

Fibras: Sendo rica em fibras, dá sensação de saciedade. Comer logo pela manhã vai ajudar a evitar a vontade de ir petiscando durante o dia.

Frutose: A fruta tem açúcar e esta regular a vontade de comer doces.

Baixa caloria: O valor valórico da fruta é muito baixo, varia entre 87 e 125 calorias por unidade.

Escolha a sua banana

  • Banana-d´água: 87 calorias
  • Banana-nanica: 87 calorias
  • Banana-prata: 89 calorias
  • Banana-maçã: 100 calorias
  • Banana-ouro: 125 caloriaS

Cardápio da Dieta da Banana

Um bom regime tem que ter um bom cardápio. Então, para que a Dieta da Banana funcione, é necessário seguir o seguinte menu para que os resultados sejam visíveis:

Café-da-manhã

Coma até quatro bananas no desjejum, seguidas de uma xícara (chá) de água em temperatura ambiente. Acha que duas bananas é suficiente? Então pare por aí! Quem tem intestino preso deve evitar a banana-maçã.

Truque: caso enjoe, substitua uma banana por uma maçã, por exemplo.

Almoço e jantar

Poderá comer tudo o que quiser, desde que em porções moderadas, claro. As frituras merecem atenção redobrada.  Se gosta de líquidos durante as refeições, invista na água. Nos outros períodos, o consumo de chás e refrigerantes light é livre.

Truque: mastigue bem, saboreie a comida e troque as frituras por versões assadas.



Vetados

Evite doces muito calóricos, bebidas alcoólicas e derivados do leite.

Truque: se der vontade de chocolate, escolha as versões amargas ou light.

Lanches

Estão liberados dois lanchinhos ao dia: um antes do almoço e outro depois, mas sempre respeite o intervalo de três horas entre cada refeição. Quando a vontade surgir, você pode comer uma fruta fresca ou tomar um iogurte.

Truque: contente-se com um pedaço de chocolate ou biscoito – o recheado também vale.– Nada de exagerar!

Após o jantar

Vá para a cama apenas quatro horas depois de ter feito sua última refeição. “Quando dormimos o organismo entra em repouso e nosso metabolismo fica lento, o que retarda a digestão. Ou seja, quanto mais tempo você se mantiver em pé, mais calorias serão eliminadas.

Truque: durante o jantar, evite alimentos muito pesados e de difícil digestão.

Malhação

Faça exercícios apenas se quiser! Claro que é sempre bom fazer, mas não entre a matar neste assunto, tenha calma. Se pretende fazer alguma atividade, caminhe moderadamente por, no máximo, 30 minutos. Isso já é suficiente para turbinar sua dieta.